Em que posiçom ficam Causa Galiza e Ceivar?


Ambas organizaçons sentam-se, também, no banco das acusadas e acusados. No caso de os juízes da Audiencia Nacional sentenciarem finalmente @s doze independentistas julgad@s por “banda criminosa para o enaltecimento do terrorismo”, esta decisom implicaria, automaticamente, a disoluçom de Causa Galiza e Ceivar por via judicial, isto é, a ilegalizaçom de facto da formaçom política e o organismo anti-repressivo.

Neste sentido, o que se joga no juízo político a celebrar proximamente nom é só a situaçom penal de doze independentistas galeg@s, mas, sobretodo, a liquidaçom dumha formaçom política e dum organismo dedicado à denúncia da repressom e a solidariedade com os presos e presas políticas. A gravidade da situaçom em termos puramente democrático-formais é absoluta, porquanto ambas “disoluçons” gerariam um precedente penal preocupante para as pessoas e setores sociais que, no futuro imediato, apostassem na reconstruçom dum projeto político independentista e da solidariedade anti-repressiva organizada.


Create your website at WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: